“Um dos pilares do desenvolvimento é acabar com desigualdades em setores como o Saneamento Básico”,


Um levantamento realizado pelo instituto Trata Brasil mostra que apenas 30,4% das cidades brasileiras possuem um plano municipal de saneamento. Com base nestes números, o Deputado federal Misael Varella apontou este como um dos grandes desafios para o desenvolvimento da sociedade e cobrou maiores investimentos federais na área. O Plano Nacional de Saneamento prevê que estes projetos sejam requisitos para que as cidades recebam recursos em 2018.

O estudo complementa os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), que indica que 34 milhões de brasileiros não possuem acesso a água potável e mais de 100 milhões utilizam medidas alternativas para se desfazer dos dejetos, como fossas ou o descarte do esgoto nos rios. “Quando se fala de um tema com este grau de seriedade, é necessário que o Governo Federal possibilite o máximo de subsídio técnico para a conclusão do planejamento”, afirmou Misael.

O deputado ressaltou também que, de acordo com a Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental, ligada ao Ministério das Cidades, 37,5% das cidades estão elaborando os projetos e não há informações sobre outros 29,9%. “Precisamos recuperar o atraso de mais de uma década e evoluir em ações concretas que, além de solucionar o problema, podem amenizar também o risco de epidemias e surtos de doenças, tão frequentes na história recente do país”, concluiu.

#misaelvarella #saneamentobásico #planonacionaldesanemanto #discurso #câmaradosdeputados #democratas

Destaque
Notícias Recentes

Deputado Federal Misael Varella - 2019/2022